SEJA BEM VINDO

O Portal Buriti agradece sua visita. Volte Sempre.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

REGIÃO - APÓS QUASE 10 HORAS DE AMEAÇAS DE MORTE, REFÉNS SÃO LIBERADOS E BANDIDOS SÃO PRESOS EM CHAPADINHA, ONDE SEUS HABITANTES VIVERAM UM DIA DE TERROR

Foto Blog do Foguinho
Depois de muita negociação, bandidos que matinham três mulheres (idosas) como reféns em uma residência na nossa cidade vizinha de Chapadinha (a 75 km), se entregam e liberam as mesmas, sem nenhum ferimento. 
Desde a manhã de hoje (17) a cidade vivia um clima tenso, onde, após assaltarem três pontos comerciais, os bandidos foram
encurralados pela polícia em uma residência e mantiveram quatro pessoas como reféns (1 homem e 3 mulheres).
             Bandido com uma das reféns - foto Alexandre Cunha          
O homem, conseguiu escapar após um vacilo dos bandidos e pulou o muro da residência, mais as três mulheres ficaram sob ameaças, onde tiveram em alguns momentos, o corpo encharcados com álcool, sendo ameaçadas de serem ateadas fogo, assim como na residência, durante o restante do dia. Quatro tiros também foram disparados pelos bandidos no interior da residência, para intimidar os policiais, e para mostrar que estavam prontos para quaisquer circunstâncias.
Um terceiro assaltante se comunicava direto através de um celular que foi exigido pelos bandidos. O celular foi destruído antes da entrega dos mesmos, para evitar a identificação do comparsa.
Negociadores da capital São Luis juntamente com policiais de chapadinha e o Juiz Dr. Cristiano Simas passaram o dia todo fazendo acordos para que os mesmos se entregassem.
Helicóptero do CTA (Centro Tático Aéreo) se deslocou também de São Luis para dar apoio aos policiais.
Foto Alexandre Cunha
Agora a pouco, no final da tarde (por volta das 17h30m), depois de quase 10 horas de tensão, as reféns foram liberadas e os bandidos, que segundo informações, são presidiários de Pedrinhas que saíram após receberem indulto do dia das crianças, foram levados para a DRPC (Delegacia Regional de Polícia Civil) de Chapadinha, onde após serem ouvidos, serão recambiados para a capital do Estado.
Após a prisão, populares tentaram linchar os dois bandidos mais foram impedidos pelos policiais, que os levaram imediatamente para a delegacia, onde foram mantidos em segurança para os procedimentos cabíveis.
Graças a Deus, toda a ação terminou sem nenhum dos reféns, policiais ou terceiros feridos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário