SEJA BEM VINDO

O Portal Buriti agradece sua visita. Volte Sempre.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

BRASIL - CASO DE ESQUARTEJAMENTO DO EMPRESÁRIO DA YOKI - PERITOS ENCONTRAM VESTÍGIOS DE SANGUE NO APARTAMENTO DA VÍTIMA

Elize Araújo Kitano Matsunaga (Foto: Carlos Pessuto/ Folhapress/ AE)A Polícia de São Paulo fez, entre a noite de quarta-feira e a madrugada de quinta, a reconstituição do assassinato do empresário Marcos Kitano Matsunaga, de 42 anos, diretor-executivo e neto do fundador da Yoki Alimentos. A técnica em enfermagem e bacharel em Direito Elize Matsunaga, 38, que confessou ter matado e esquartejado o marido,
participou de todo o processo, que durou cerca de seis horas. A perícia encontrou vestígios de sangue no apartamento.

Um boneco com a altura e o peso de Marcos foi utilizado na reconstituição, feita no apartamento do 17º andar do prédio, localizado na Vila Leopoldina, Zona Oeste de São Paulo. Segundo os policiais, durante a perícia, Elize declarou que chegou a pensar em avisar a polícia, logo após ter atirado no marido.
Os peritos saíram do prédio com material recolhido e algumas dúvidas esclarecidas.
- Ela falou que arrastou a vítima por um caminho e tinha sangue exatamente nesse caminho. O tiro foi na sala e ela arrastou para um quarto - disse o perito Ricardo Salada.
No local, foram apreendidas 30 armas - entre elas pistolas, fuzis e até submetralhadora -, além de munição para 10 mil tiros.
- Todas legalizadas e regulamentadas para uso de colecionador - afirmou o delegado Mauro Dias, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Para a polícia, a reconstituição demonstra que não houve premeditação do crime e que Elize agiu sozinha e motivada por um um fator emocional ao matar e esquartejar o marido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário