SEJA BEM VINDO

O Portal Buriti agradece sua visita. Volte Sempre.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

BRASIL - CASO ELIZA SAMUDIO - DEPOIS DE 2 ANOS, MÃE FINALMENTE PODERÁ ENTERRAR OS RESTOS MORTAIS DE SUA FILHA

Quem sabe a partir de agora, Sônia de Fátima poderá enterrar os restos mortais da filha, Eliza Samudio, assassinada em 2010 a mando do goleiro Bruno Fernandes, ex-goleiro do Flamengo, após 2 anos de mistério. Pelo menos, essa é a possibilidade, se realmente for confirmada a informação contida em uma carta indicando a localização exata do corpo de Eliza, em um bairro de Belo Horizonte.

Sônia estava em um programa de TV sendo entrevista, quando foi procurada por uma
mulher, que entregou em suas mãos uma carta, informando que os restos mortais da filha, estariam em um poço na região da Pampulha, na capital mineira. “Eu já havia recebido uma ligação anônima informando a mesma localização anteriormente, mas pelo menos agora, temos uma confirmação”, comentou o advogado de Sônia.

O advogado que acompanha o caso junto a mãe de Eliza Samudio, José Arteiro, explicou que serão feitos pedidos à Justiça mineira para que a Polícia Civil de Belo Horizonte possa se dirigir até o local, onde possivelmente, a modelo estaria enterrada. Haverá ainda pedido de exame de DNA para comprovação do fato.

Reconhecimento de paternidade

Já o goleiro Bruno Fernandes assinou no dia 18/06, na penitenciária Nelson Hungria (MG), documentos para reconhecer a paternidade de Bruninho, 2 anos e 4 meses, também filho de Eliza Samudio. A informação foi confirmada por Francisco Simim, um dos advogados do atleta. No entanto, a assessoria de imprensa do Fórum Lafayette ainda não confirmou se a documentação foi recebida.

Segundo informações do advogado, Bruno sempre teve vontade de reconhecer o menino, fruto do relacionamento com Eliza Samudio. O goleiro vai destinar 10% do salário para o filho e também para as duas meninas que tem com a ex-mulher, Dayanne Rodrigues.

Bruno recebe atualmente, R$ 500 mensais prestando serviços na penitenciária, sendo que desse valor, R$ 50 seriam destinados para as pensões, ou seja R$ 16,66 para cada filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário